top of page
Buscar
  • Foto do escritorJoyce Leite

Exemplos de atendimento em Psicoterapia Breve

Veja aqui uns exemplos possíveis para psicoterapia breve




A aplicação de Psicoterapia Breve Operacionalizada em mulheres em situações de violência doméstica foi importante ter esse pronto atendimento em uma situação de emergência, trouxe a conscientização da violência. São mulheres em situação vulnerável e com muita dificuldade de sair dessa situação, nem sempre tem recursos para manter um processo longo de atendimento e precisam se estabilizar emocionalmente para conseguir lidar melhor com a situação que se encontram.


Pessoas que não tem motivação para iniciar um processo de psicoterapia longo e querem sair de uma crise ou tratar apenas um determinado conflito também poderá se beneficiar da Psicoterapia Breve.


Mais exemplos


Antes de ir fazer uma cirurgia importante

Decidir entre esposa e amante

Decisão de escolha profissional diversas

Separação

Desemprego

Lidar com a ansiedade



Preconceitos



Não é porque é uma psicoterapia Breve que é uma psicoterapia superficial.

Há um vasto conhecimento e pesquisas para desenvolver as técnicas da psicoterapia breve.

E há muitos estudos que confirmam que o atendimento nesta modalidade promoveu mudanças duradouras e significativas aos pacientes.

Antes de fazer de iniciar o processo de psicoterapia breve são feitas entrevistas e partir delas um diagnóstico que permite traçar o objetivo da Psicoterapia Breve.



Quem pode fazer Psicoterapia Breve?



Realmente não é recomendado para todos os pacientes. Há fatores importantes que são necessários para que seja possível ter essa modalidade de atendimento. Essa avaliação é feita pelo profissional especializado na área. Se o paciente está bem motivado é um ótimo fator determinante para se beneficiar da psicoterapia breve, consulte um profissional.

Veja também:


Comments


bottom of page